Orientações aos fotógrafos

O momento do parto é considerado um dos acontecimentos mais importantes na vida dos pais. Por isso, registros desta ocasião especial são tão importantes, para torná-lo eterno. Dessa forma, a entrada de fotógrafos na sala de parto exige algumas recomendações.

Utilizando a paramentação adequada, fornecida pela maternidade, o fotógrafo poderá permanecer e registrar, por um período de tempo (de acordo com as orientações da equipe do bloco), as fotos no bloco obstétrico (sala pré-parto). Depois entrará na sala de parto no momento do nascimento do bebê. Ele poderá registrar, com fotos e/ou vídeos, desde o parto até os primeiros cuidados com o recém-nascido ainda no bloco obstétrico, sem o uso de flash e com cautela para não encostar nos campos verdes (áreas estéreis) ou pegar em objetos dentro da sala. Será permitida a entrada de apenas um profissional, mesmo que a gestante contrate o serviço de foto e vídeo.

Na sala de parto, é fundamental que tenha ética profissional sem conduta verbal, evitando dar comandos à equipe assistencial. É preciso também, ter paciência durante o período do parto, que muitas vezes pode demorar por horas. Além disso, é essencial que o profissional tenha consciência e discernimento para tirar as fotos, respeitando a privacidade e a intimidade da gestante/parturiente e das demais pacientes em trabalho de parto.

Durante a pandemia o uso de máscara é indispensável, e caso a gestante apresente sintomas de COVID-19, a entrada do fotógrafo não será autorizada, para evitar riscos de contaminação. Vale uma dica às gestantes para conversar com o fotógrafo antes, para evitar a entrada de um profissional com sintomas gripais em qualquer momento, pois pode ser prejudicial principalmente ao bebê.

Caso em algum momento essas normas não sejam seguidas, por orientação médica o profissional será convidado a se retirar da sala, sendo prioridade a atenção, assistência e preservação do espaço para segurança da paciente e do bebê.

A gestante pode contratar um profissional externo de sua escolha, mas importante frisar que no momento da seleção do profissional dê preferência aos fotógrafos com experiência em sala de parto, pois sabemos que é bem diferente dos outros tipos de locação (casamento, aniversário, ensaio gestante). Profissionais que tem a vivência saberão conduzir belíssimas fotos, mesmo se o espaço for reduzido, estar cansado pela espera do nascimento ou  na exposição (visualização) de sangue.

Para acesso à sala de parto, o fotógrafo ou a gestante terão que fazer um pagamento de taxa de R$150,00 e apresentar certificado profissional e documento de identidade no momento da internação da paciente. Não precisa apresentar a documentação com antecedência.