como tomar albendazol

Qual a forma correta de tomar o albendazol?

COMO TOMAR – POSOLOGIA
1
400 mg ou 10 ml da suspensão oral (40 mg/ml) em dose única para adultos e crianças acima de 2 anos.
2
200 mg ou 5 ml da suspensão oral (40 mg/ml) em dose única para crianças entre 1 e 2 anos.

Quantas doses de albendazol devo tomar?

Anti-Helminticos do Trato Gastrintestinal

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. Registro M.S.: 1.5423.0337

O albendazol é usado para tratar uma grande variedade de condições causadas por vermes ou parasitas. Estudos mostram que o albendazol é eficaz no tratamento de infecções por Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Necator americanus, Ancylostoma duodenale, Trichuris trichiura, Strongyloides stercoralis, Taenia spp. e Hymenolepis nana; de opistorquíase (Opisthorchis viverrini) e larva migrans cutânea; e de giardíase (Giardia lamblia, G. duodenalis, G. intestinalis) em crianças.

Suspensão de 40mg/mL: Embalagem contendo 1 frasco com 10mL (dose única de 400mg)

Cx. padrão c/ 60 und.

Contraindicações:

  • Não use o albendazol se você for hipersensível (alérgico) ao albendazol, a medicamentos similares ao albendazol (como mebendazol e tiabendazol) ou a qualquer outro componente da fórmula ou se você está grávida, suspeita de gravidez ou planeja engravidar.

Cuidados e advertências:

  • O tratamento com albendazol pode revelar casos de neurocisticercose pré-existentes (infecção de sistema nervoso central causada pela ingestão da larva de Taenia spp que se caracteriza pela presença de lesões intracerebrais calcificadas), principalmente em áreas de alta incidência de teníase. Caso você apresente convulsão ou outros sintomas neurológicos quando estiver usando o medicamento, nesse caso, a terapia com esteroides e anticonvulsivantes deve ser iniciada imediatamente, procure seu médico.

Reações adversas e interações:

  • Reações incomuns: dor epigástrica ou abdominal, dor de cabeça, vertigem, enjoo, vômito ou diarreia.
  • Reações raras: alergias e elevações dos níveis de algumas enzimas do fígado.
  • Não utilize albendazol se estiver fazendo uso de cimetidina, praziquantel e dexametasona, pois estes medicamentos podem provocar o aumento da concentração dos metabólitos do medicamento no sangue. Já o ritonavir, a fenitoína, a carbamazepina e o fenobarbital podem reduzir as concentrações do metabólito do medicamento no sangue.

Posologia:

  • Para Ascaris lumbricoides, Necator americanos, Trichuris trichiura, Enterobius vermicularis e Ancylostoma duodenale adultos e crianças acima de 2 anos devem tomar 1 comprimido de albendazol 400mg sendo dose única.
  • Para Strongyloides stercoralis, Taenia sp, Hymenolepis nana adultos e crianças acima de 2 anos devem tomar 1 comprimido de albendazol 400mg sendo 1 dose por dia durante 3 dias.
  • Para Giardíase (Giardia lamblia, G. duodenalis, G. intestinalis) crianças de 2 a 12 anos devem tomar 1 comprimido de albendazol 400mg sendo 1 dose por dia durante 5 dias.
  • Para Larva migrans cutânea adultos e crianças acima de 2 anos devem tomar 1 comprimido de albendazol 400mg sendo 1 dose por dia por 1 a 3 dias.
  • Para Opistorquíase (Opisthorchis viverrini) adultos e crianças acima de 2 anos devem tomar 1 comprimido de albendazol 400mg sendo 2 doses.
Leia também  Quanto custa instalar piso de vinílico?

Quantos dias tem que repetir o albendazol?

Pamoato de pirvínio 700mg (10mg/kg) Dose única Repetir após 14 dias. Mebendazol 100mg 12/12h por 3 dias Repetir após 14 dias; Albendazol 400mg (10mg/kg) Dose única Repetir após 14 dias.

Quando tomar albendazol o verme sai inteiro?

O albendazol serve para matar vermes e parasitas, expelindo-os pelas fezes. Esse vermífugo é vendido em comprimidos ou em forma líquida. Há a opção da dose única, mas ela não serve para todos os casos, já que certas verminoses cobram mais tempo ou ciclos de tratamento. O fármaco é bem tolerado e raramente provoca efeitos colaterais.

Diversas empresas farmacêuticas comercializam essa fórmula sob diferentes marcas, como Albentel, Monozen e Albendal, entre outras. Ele também é encontrado na sua forma genérica pelo mesmo nome da substância: albendazol.

O albendazol age especialmente no trato gastrointestinal. Ele pertence à classe de compostos anti-helmínticos (que matam os vermes, conhecidos por helmintos) e, ainda dos antiparasitários benzimidazólicos — eficientes em matar parasitas que atacam a região digestiva do organismo.

Entre as enfermidades mais conhecidas que são combatidas com o albendazol estão:

  • Ascaridíase
  • Enterobíase (oxiuríase)
  • Tricuríase
  • Uncinariase
  • Neurocisticercose
  • Equinococose

Esse medicamento imobiliza os vermes e parasitas e depois os mata. “Esses organismos são totalmente eliminados quando o medicamento é administrado nas doses adequadas”, afirma a farmacêutica Mayra Gabriela Bento Teixeira, coordenadora de Farmácia do Hospital Albert Sabin (HAS).

A bula do albendazol indica a melhor dose para o tratamento de cada verme ou parasita. Normalmente, ele é administrado em dose única, mas nem sempre é assim.

“Nos casos de solitária é comum precisar de mais tempo. Se o paciente não se curar após três semanas, deve-se iniciar um segundo curso de tratamento”, exemplifica Mayra. Converse com o médico para entender o seu caso.

O albendazol é vendido comumente em forma de comprimidos de 400 mg. O médico ajusta a dose de acordo com o avanço da verminose no organismo.

E quanto tempo leva para o albendazol fazer efeito? “O início da ação ocorre logo após a ingestão”, esclarece a farmacêutica.

Como o medicamento também é indicado para crianças com mais de 2 anos, há a opção de suspensão oral, ou seja, em forma de líquido. Aí basta agitar e beber.

Leia também  Como limpar sofa de tecido?

O fármaco costuma ser bem tolerado. Em raros casos, as reações adversas envolvem:

  • Náusea
  • Vômitos
  • Dor de cabeça
  • Tontura

Não. É um medicamento contraindicado até por quem planeja engravidar. Isso porque não está estudos suficientes para saber a segurança dessa fórmula em gestantes, e pesquisas em animais sugerem alguns efeitos adversos para o feto.

É importante conversar com um profissional de saúde. Quem tem mais de 65 anos e histórico de insuficiência hepática deve ter uma dose a mais de precaução.

DISTRIBUÍDO POR

Consulte remédios com os melhores preços

Como tomar albendazol líquido 10 ml?

400 mg ou 10 ml da suspensão oral (40 mg/ml) 1 vez por dia por 5 dias para adultos e crianças acima de 2 anos.
25 de out. de 2022

Para que serve albendazol 10mL?

Meus Benefícios

Ative seu benefício para aproveitar os descontos exclusivos:

leve 3 pague R$ 5,67 cada unidade

Vendido e entregue por Droga Raia

ALBENDAZOL 40MG/ML É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. MEDICAMENTOS PODEM CAUSAR EFEITOS INDESEJADOS. EVITE A AUTOMEDICAÇÃO: INFORME-SE COM O FARMACÊUTICO. Venda sob prescrição médica. Medicamento Genérico – Lei N.º 9.787/99.

SKU 14940
EAN 7896004702452
Peso (kg) 0.0630
Quantidade 10ml
Fabricante EMSMS
Dosagem 40mg/ml
Falta Pouco! Faça seu login para adicionar os produtos desejados aos favoritos.

Login

Por favor aguarde, carregando…

Quantas doses de albendazol devo dar para criança?

Albendazol 400mg é um medicamento anti-helmíntico e antiparasitário de uso oral, indicado para tratar uma grande variedade de condições causadas por vermes ou parasitas. Este remédio é comercializado na forma de comprimidos mastigáveis.

Albendazol é usado para tratar uma grande variedade de condições causadas por vermes ou parasitas. Estudos mostram que o medicamento é eficaz no tratamento de infecções por Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Necator americanus, Ancylostoma duodenale, Trichuris trichiura, Strongyloides stercoralis, Taenia spp. e Hymenolepis nana; de opistorquíase (Opisthorchis viverrini) e larva migrans cutânea; e de giardíase (Giardia lamblia, G. duodenalis, G. intestinalis) em crianças.

Albendazol pertence a uma classe de compostos anti-helmínticos e antiparasitários benzimidazólicos. O medicamento tem a capacidade de eliminar vermes e parasitas do corpo do paciente, matando-os.

Cada comprimido mastigável de albendazol contém:

Substância ativa: albendazol
Excipientes: OBS: os excipientes variam de acordo com o fabricante. A lista acima pegou como exemplo os componentes do medicamento de referência Zentel®, produzido pela GSK. Consulte a bula do fabricante para obter a lista correta.

Os comprimidos podem ser engolidos com água ou mastigados. Não há necessidade de procedimentos especiais, tais como dieta ou uso de agentes purgantes.

Algumas pessoas, particularmente as crianças, podem ter dificuldade de engolir os comprimidos inteiros. Nesse caso, devem ser incentivadas a mastigar os comprimidos com um pouco de água ou triturá-los.

Leia também  Como fazer bolo de pote

Siga a orientação do médico sobre a dose e os horários corretos da medicação que você deve adotar. Não tome mais do que o médico receitou. É melhor ingerir albendazol na mesma hora todos os dias.

Se você não apresentar melhora após três semanas, fale com seu médico. Um segundo ciclo de tratamento pode ser necessário.

No caso de infestação por Enterobius vermicularis, fale com seu médico, que dará orientações sobre medidas de higiene tanto para você quanto para as pessoas que utilizam a mesma moradia.

No caso de contaminação comprovada por Hymenolepis nana, você também deve conversar com o médico, que pode recomendar um segundo ciclo de tratamento.

Não use albendazol se:

você for alérgico(a) ao albendazol ou a qualquer outro componente da formulação;

você tiver doença hepática grave;

você estiver grávida ou puder engravidar durante o tratamento.

O albendazol não deve ser administrado durante a gravidez nem a mulheres que possam estar grávidas ou pensem em engravidar.

Não se sabe se o albendazol ou seus metabólitos são excretados no leite materno. Fale com seu médico. O medicamento não deve ser usado durante a amamentação, a não ser que os benefícios potenciais para a mãe justifiquem os possíveis riscos para o filho.

Alguns efeitos indesejáveis relacionados ao uso de albendazol estão descritos abaixo. Se você apresentar esses ou outros sintomas causados pelo uso do medicamento, informe seu médico.

  • dor abdominal;
  • náuseas;
  • vômitos;
  • tonturas;
  • cefaleia;
  • sonolência;
  • erupção cutânea.

Para evitar futuras infecções por germes ou parasitas, você deve tomar algumas medidas de prevenção:

  • Mantenha uma boa higiene pessoal;
  • Lave bem as mãos antes das refeições e após usar o banheiro;
  • Lave bem os alimentos antes de consumi-los;
  • Evite contato com fezes de animais;
  • Evite andar descalço em áreas comuns;
  • Evite água ou alimentos contaminados;
  • Evite o consumo de carne crua ou mal cozida;
  • Evite o contato com pessoas infectadas.

Essas medidas se estendem a todos os membros da família.

Os comprimidos de albendazol podem ser tomados durante ou apó.

Qual a dosagem correta do albendazol?

Dose usual: 1 comprimido de albendazol 400 mg, em dose única ou 10 ml da suspensão oral em dose única. Nos casos de infestações confirmadas ou suspeita por Strongyloides stercoralis e Taenia spp, albendazol 400 mg, como dose única, deve ser administrado por três dias consecutivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *