como funciona o enem?

O que eu ganho se eu passar no Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o principal meio de acesso à faculdade no Brasil. Com uma boa pontuação você pode entrar em universidades públicas e privadas sem ter que fazer vestibular ou ainda obter bolsas de estudos e financiamento.

Se a sua nota no Enem for alta dá para conseguir uma vaga até mesmo em cursos super concorridos, como o de Direito. O que vai tornar a disputa mais ou menos acirrada é o desempenho dos candidatos que estão buscando a mesma vaga que você.

Entenda melhor como funciona a classificação pela nota do Enem em diferentes processos seletivos e veja a pontuação necessária para entrar em Direito!

Com a nota do Enem você pode se classificar em processos seletivos do Governo Federal que permitem seu ingresso na faculdade. Veja quais são:

  • No ProUni, Sisu e FIES, quanto mais pontos o candidato tiver, maior a vantagem. Você vai concorrer com os participantes inscritos em uma mesma vaga, ou seja: na mesma faculdade, campus, curso, grau e turno. No caso do Sisu e do ProUni, os candidatos são segmentados ainda pela modalidade de concorrência (ampla concorrência ou cotas).
  • Se dois candidatos que concorrem a uma mesma vaga apresentarem pontuação geral no Enem com valor igual, sai na frente quem tiver a maior nota na Redação. O critério para desempate segue a seguinte ordem:

Agora que você já sabe os diferentes caminhos que pode seguir com sua nota do Enem, confira a pontuação aproximada para entrar em Direito em cada um dos processos seletivos:

Ano após ano Direito aparece entre os mais concorridos do ProUni. As notas de corte estão sempre entre as mais altas, perdendo apenas para Medicina. Seguindo a tendência apontada pelas últimas edições é possível afirmar que para conseguir uma bolsa no curso de Direito é preciso obter mais de 650 pontos no Enem.

As universidades públicas atraem milhões de candidatos de todo o País. Cursos como o de Direito, que oferecem a perspectiva de uma carreira promissora e bem remunerada, costumam ficar entre os mais concorridos. Por isso sua nota do Enem também precisa ser alta se você pretende conquistar vaga numa instituição pública. A média é parecida com a do ProUni. As chances são maiores para os estudantes que obtiverem mais de 630 pontos no Enem.

Veja algumas faculdades que selecionam alunos para Direito por meio do Sisu e a nota de corte em edições recentes deste processo:

A concorrência pelo FIES para estudar Direito não é tão acirrada quanto no ProUni e no Sisu. Mesmo assim, se você pretende conseguir um financiamento do Governo é preciso se sair bem no Enem, com média geral de 500 pontos, pelo menos.

Veja exemplos da pontuação necessária para conseguir o FIES para Direito em algumas universidades:

Há universidades privadas que selecionam alunos apenas pela

E necessário fazer o Enem para entrar na faculdade?

Se você perdeu a prova do Enem ou não ficou satisfeito com a sua nota, sem problemas. Dá para entrar na faculdade sem Enem. É claro que você precisa primeiro escolher uma boa instituição de ensino e ter uma decisão mais prática sobre o curso que deseja fazer. Com isso resolvido, pode então fazer a sua matrícula pelo vestibular tradicional, fazendo uma segunda graduação, sua transferência de instituição ou mesmo concluindo a reabertura da matrícula.

Leia também  Remada curvada com barra

Ficou confuso? Então, nós fizemos este texto exatamente para ajudar você a entrar na faculdade sem Enem. Na Estácio, por exemplo, existem todas as modalidades que citamos anteriormente. Você só precisa entender como cada uma delas funciona, avaliar a melhor modalidade para você e encarar o desafio. Para ficar ainda mais claro, leia esse conteúdo até o final.

Conheça os cursos na Estácio!

A primeira e mais vantajosa oportunidade de você entrar na faculdade sem Enem é fazendo o vestibular agendado. O problema é que ele não está disponível em todas as instituições de ensino. Em universidades públicas, por exemplo, dificilmente você vai encontrar essa opção. No entanto, as instituições privadas costumam facilitar o seu processo de entrar na faculdade sem Enem.

Na Estácio, por exemplo, você escolhe o seu curso, o seu local de aprendizado, agenda um horário e consegue realizar a prova. Assim, cumprindo a nota mínima para acessar o ensino superior, você pode realizar a matrícula.

Isso significa que se você perdeu a data da prova do Enem ou não ficou satisfeito com o resultado, não precisa esperar o próximo ano para fazer a matrícula.

Outra possibilidade de entrar na faculdade sem Enem é para quem já concluiu uma graduação. Significa que se você já passou por um primeiro vestibular ou mesmo pelo Enem, tem a chance de encarar outro curso sem precisar se preocupar com a prova.

No entanto, é bem importante avaliar a instituição de ensino escolhida. Afinal, nem todas oferecem essa facilidade. No caso da Estácio, por exemplo, isso é possível. É que seus créditos são aproveitados e você ainda tem vantagens na hora de pagar as mensalidades.

Então, além de entrar na faculdade sem Enem, na Estácio você ainda pode pagar só R$ 49,00 nos primeiros meses e depois ter um desconto de mais 40% durante todo o curso. Para isso, é bem importante estar atento ao regulamento. Então, depois da sua matrícula, é só entregar os documentos necessários:

Temos mais uma dica para entrar na faculdade sem Enem. Dá para você fazer uma transferência. Isso mesmo! Essa e uma ótima vantagem para quem conseguiu uma vaga na instituição, mas não se adaptou. Significa que você pode transferir a sua matrícula para outra instituição.

Na Estácio, por exemplo, isso é possível. É rápido, sem custos e os seus créditos são aproveitados ao máximo. Além de entrar na faculdade sem Enem, você ainda para só R$ 49,00 nos três primeiros meses e pode ter mais 70% de desconto durante o primeiro ano de curso e mais 50% de desconto no restante do curso.

Viu como é fácil entrar?

Como funciona o Enem passo a passo?

A inscrição do Enem 2023 poderá ser feita entre os dias 5 e 16 de junho. Todas as pessoas que estão cursando o ensino médio ou já terminaram os estudos podem participar da maior prova do país.

Com as notas do Enem 2023 será possível participar do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), concorrer às bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), financiar a faculdade pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e até estudar em Portugal.

Todas as regras do exame estão no edital do Enem 2023. Se esse será o seu primeiro Enem ou ainda tem dúvidas sobre o processo de inscrição, o Brasil Escola explica passo a passo como garantir sua participação no exame.

O valor da taxa de inscrição do Enem 2023 é de R$ 85. Os candidatos poderão fazer o pagamento por: boleto bancário, aplicativos dos bancos, Pix, cartão de crédito ou depósito em lotéricas e agências bancárias.

Para os estudantes que conseguiram a isenção da taxa, alguns dados do processo de inscrição do Enem já estarão preenchidos.

Leia também  Sonhar com fezes segundo a bíblia

As inscrições do Enem 2023 serão feitas pela Página do Participante. Ao entrar no site, a assistente virtual “Nanda” lhe dará boas vindas, explicará que na página é possível fazer a inscrição do exame e consultar resultados de edições anteriores.

Você terá que fazer o login no portal gov.br para iniciar a inscrição. Se não tiver cadastro, basta criar e retornar à Página do Participante.

Ao clicar em “Inscrição”, a robô Nanda solicitará que você clique na imagem correspondente ao que foi pedido por ela, o que o Inep adota como etapa de segurança. No exemplo abaixo, foi solicitado ao participante clicar no “avião”.

Após clicar na imagem, você terá que informar o seu CPF. Em seguida, será necessário digitar sua data de nascimento. É obrigatório que o número do CPF seja seu, não é possível se inscrever com o documento de outra pessoa. A documentação servirá de identificação do participante durante todo o processo do Enem 2023 e também de outras edições, caso o estudante faça novamente a prova.

Na tela seguinte, Nanda solicitará o preenchimento de informações como sexo, cor/raça, estado civil e nacionalidade.

Na sequência, você terá que informar a cidade e o estado onde nasceu.

Por último, a Nanda solicitará o CEP do local em que você mora. Quem não sabe pode procurar no site dos Correios.

Com o CEP preenchido, você verá o nome de sua cidade e seu bairro. Basta preencher o número e o complemento (opcional).

Esta etapa da inscrição do Enem é voltada apenas para quem precisa de alguma atendimento especializado para a realização das provas. Se você não necessita, basta clicar em “não preciso”.

Saiba o que é o atendimento especializado

Caso precise de atendimento especializado, clique na opção “preciso”. Em seguida, será necessário assinalar qual a sua condição, necessidade ou deficiência. O sistema lhe apresentará os recursos de acessibilidade disponíveis aos quais você terá direito.

Feita a solicitação do atendimento, é preciso anexar documentos que comprovem o direito, como atestados.

Quem passar no Enem pode escolher qualquer faculdade?

Quem passar no Enem pode escolher qualquer faculdade que aceite a nota do exame como critério de seleção de candidatos. Existem instituições de ensino, públicas e particulares, que possuem como forma de ingresso, o desempenho no Enem, a partir de determinada edição. Com isso, é feita a classificação de estudantes.

O que acontece se o aluno não fizer a prova do Enem?

Caso o candidato falte no primeiro dia do Enem, ele ainda poderá fazer o segundo dia de prova. Inclusive, essa é uma recomendação do Inep, especialmente para aqueles que tiveram isenção de taxa, a fim de evitar a perda desse benefício no próximo ano.

Quem não fez o Enem pode fazer faculdade?

Se você está estudando para prestar o vestibular, provavelmente já ouviu falar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não é mesmo? Essa é uma prova de nível nacional que tem o objetivo de facilitar o acesso de milhares de estudantes ao ensino superior.

Muito se fala sobre o uso desse teste para conquistar uma vaga em instituições públicas. Mas será que, para ingressar em faculdade particular, precisa de Enem? Apesar de esse ser um dos principais meios para realizar esse sonho, existem outras formas que não necessitam da nota desse exame. Ficou curioso? Neste post, vamos esclarecer a dúvida se faculdade particular precisa de Enem. Confira!?

Sim, quem não faz Enem pode entrar na faculdade! Isso porque várias instituições de ensino trabalham com o próprio processo seletivo e, por isso, quem deseja estudar nelas pode fazer o vestibular da faculdade escolhida.

Por conta dos diversos benefícios que o Enem apresenta, ele acabou sendo um grande vestibular do país. Não é à toa que a maioria dos estudantes já ouviu falar dele, principalmente ao concluir o ensino médio.

Leia também  Falso exame de gravidez positivo para editar e imprimir

Por ser conhecido, muita gente acredita que é obrigatório realizar esse exame para ingressar na faculdade. Contudo, você não precisa fazer o Enem se não quiser.

Para ingressar em uma faculdade particular conceituada e renomada, como a Anhanguera, basta ter concluído o ensino médio e ser aprovado em uma espécie de vestibular interno.

De modo geral, o processo seletivo de instituições de ensino particulares consiste em uma avaliação de conhecimentos próprios do ensino médio e uma redação. Assim, é realizada por meio do vestibular, que consiste em uma prova elaborada pela faculdade.

Se você não quer prestar o Enem, saiba que é possível ingressar em um curso superior por meio do vestibular da própria instituição de ensino. De modo geral, cada faculdade desenvolve sua prova, que pode ter diferentes estilos, número de questões, fases, entre outros.

Portanto, o recomendado é que você pesquise as informações específicas antes de se inscrever para a prova. Logo, vale a pena ficar por dentro das diferenças entre os vários tipos de vestibular da faculdade. Confira!

Como o próprio nome sugere, é o vestibular clássico que está presente em várias faculdades. Não é à toa que é a alternativa mais conhecida do público e também faz parte das formas de ingresso aqui da Anhanguera.

Para realizar esse tipo de vestibular, é necessário ir à unidade escolhida para fazer o curso desejado. Isso quer dizer que todas as provas são feitas de maneira presencial.

Alguns cursos superiores só são oferecidos no vestibular tradicional por serem muito concorridos ou pelo fato de envolverem a análise de aptidões específicas. Além disso, como o teste demanda a presença dos candidatos em um local definido pela instituição, é fundamental não atrasar no dia da prova.

Caso isso aconteça, é possível perder a oportunidade de ingressar em uma graduação, sendo necessário esperar pela data do próximo processo seletivo.

O vestibular agendado.

Quem nunca fez Enem pode se inscrever no Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um sistema online do Ministério da Educação em que algumas instituições públicas de ensino superior brasileiras oferecem vagas para pessoas que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Aqueles que possuem as melhores notas no exame costumam alcançar melhores colocações e são selecionados para estudar nessas instituições.

A inscrição para participar dessa seleção é gratuita e deve ser feita pela internet. Geralmente, ela acontece duas vezes ao ano, no início e no meio do ano.

Para participar do Sisu, é preciso ter feito a última prova do Enem, ter conseguido uma nota maior que zero na redação e não ser considerado treineiro (aqueles candidatos que ainda não terminaram o ensino médio e fazem a prova só para ver como estão seus conhecimentos).

Lembre-se de que não há restrição de nota para participar do Sisu, mas algumas instituições podem dar pesos diferentes e exigir notas mínimas para determinados cursos.

Por exemplo: Um curso de Química pode dar um peso maior à nota de Ciências da Natureza do Enem. Um curso de Medicina também pode definir uma média mínima igual ou superior a 560 pontos e nota mínima em Ciências da Natureza igual ou superior a 400 pontos.

Descubra em quais faculdades você consegue usar a sua nota do Enem

Faça uma simulação com a sua nota do Enem e veja onde entrar com o Sisu, Prouni ou Fies.

Ir para o simulador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *