Quanto Tempo Leva Para Ser Um Neurologista?

Qual é o salário de um neurologista?

Selecionamos informações sobre a profissão de Médico Neurologista, incluindo salários por cidade e especialidade. Tudo para você escolher a carreira perfeita para você. Com a Quero Bolsa é assim, a gente te ajuda a escolher sua carreira e entrar na faculdade ideal com um super desconto.

Salário médio no Brasil

Médico Neurologista

R$ 11.065,95

Maior salário médio por estado

Tocantins

R$ 36.033,71

Maior salário médio por especialidade

Médico Homeopata

R$ 24.456,56

O salário médio de um Médico Neurologista no Brasil é de R$ 11.065,95.

As especialidades com os melhores salários são Médico Nutrologista, Médico Fisiatra e Médico Nefrologista.

Essas informações são baseadas nas 20278 contratações que aconteceram no último ano, em todo o Brasil.

Salário de um Médico Neurologista por especialidade

A Quero Bolsa é um serviço que te ajuda a encontrar a sua faculdade ideal e a economizar nas mensalidades. Por meio do nosso site, você consegue vagas em mais de 1100 faculdades. Basta fazer a pré-matrícula para garantir seu curso!

Quanto um neurologista ganha por dia?

O neurologista e sua importância

O neurologista é um profissional multidisciplinar, como quase todo médico. Porém, isso é ainda mais forte nessa especialidade porque qualquer problema ou doença no sistema nervoso costuma impactar várias outras partes do corpo. Diante de uma atuação tão importante, faz sentido saber quanto um neurologista ganha.

Saiba quanto um neurologista ganha

Tendo uma ideia dos valores e conhecendo o resultado do seu teste vocacional, é possível preparar-se para seguir carreira na área. Então, venha saber quanto um neurologista ganha e entender como esse profissional se posiciona!

Leia também  Tabela inss 2023 com dedução

Para conhecer o salário de neurologista, uma boa solução é basear-se na média do mercado. É possível utilizar a pesquisa realizada pelo site Salarios.com.br, feita com 178 profissionais.

Segundo o estudo, um neurologista tem um salário bruto médio mensal de R$ 5,3 mil. O valor corresponde a 16 horas semanais. O piso salarial encontrado foi de R$ 4,9 mil, enquanto o teto alcançou R$ 12,4 mil. Então, o valor do salário por hora varia de R$ 60,68 a R$ 155,17.

Os critérios para entender quanto um neurologista ganha também variam conforme a região de atendimento. Em São Paulo, por exemplo, a média é de R$ 6,4 mil por 17 horas semanais.

Já em Brasília, a jornada de um médico neurologista com duração de 16 horas semanais pode valer R$ 7,5 mil mensais. Na capital carioca, 22 horas semanais podem dar origem a R$ 9,4 mil.

Deve-se considerar que a capacidade de pagamento varia pelo tamanho da instituição e pelo nível de experiência do neurologista. O montante para um profissional iniciante pode partir de R$ 4,4 mil mensais, enquanto um profissional com mais prática pode receber por volta de R$ 16 mil mensais.

Não se esqueça dos adicionais de periculosidade e insalubridade, assim como dos valores pagos pelo trabalho em horas noturnas. Para quem é contratado pelo regime CLT, todos esses pontos podem gerar acréscimos de R$ 531 a R$ 2,1 mil ao salário.

Após saber quanto um neurologista ganha, pela média pesquisada, é interessante ter em mente que esses valores podem variar bastante, principalmente para cima. Isso acontece quando o profissional tem certas atitudes estratégicas sobre a carreira, que podem alavancar os ganhos.

É possível citar o destaque no setor, o aprofundamento do conhecimento e a construção da marca pessoal. Quanto maior for o reconhecimento na área de atuação, maior é a possibilidade de ganhos.

Dependendo do caso, pode valer a pena até buscar uma subespecialidade, sendo neurologista pediátrico e geriátrico. Ao atuar em um nicho específico, as chances de destaque aumentam junto aos ganhos.

Como você viu, ter um bom nível de conhecimento é essencial para ganhar mais como neurologista. Uma das formas mais eficazes de demonstrar isso é por meio da residência médica em Neurologia.

Leia também  Beta hcg baixo e gravidez evoluiu

Escolher um programa de destaque traz diversos aspectos positivos, como o contato com professores referências na área, a interação com colegas e a experiência em casos práticos.

Dependendo da instituição em que você fizer a especialização em Neurologia.

Como é a vida de um neurologista?

A biografia de São Lucas

A biografia de São Lucas é cercada de dúvidas quanto a sua origem e caminhos, mas parece certo que São Lucas foi um médico. “O amado médico”, nas palavras de São Paulo. Homem de rara bondade e grande sabedoria, tem o dia 18 de outubro consagrado como seu dia pela Igreja, e é por isso que no Brasil e em muitos países cristãos, no dia 18 de outubro é celebrado o Dia do Médico.

Ser médico é irresistível

O cenário onde o médico atua é a vida das pessoas. Médicos trazem a vida ao mundo, e acompanham seu fim. A dureza de dias de trabalho é recompensada por fartos e calorosos abraços.

A neurologia trata de doenças do cérebro e suas consequências

O médico neurologista tem por vezes a árdua tarefa de acompanhar e evolução degenerativa de uma pessoa com um cérebro doente, mas também é capaz de promover tratamentos de reabilitação, capazes de devolver a qualidade de vida.

Parabéns aos médicos e neurologistas pelo seu dia: 15 de outubro, Dia do Neurologista e 18 de outubro, Dia do Médico.

Especialista em Neuropediatria na Neurológica em Joinville – SC.

Quantas horas por dia trabalha um neurologista?

O funcionamento do Sistema Nervoso

O funcionamento do Sistema Nervoso sempre gerou muita curiosidade e investigações ao longo da história da Medicina. Tanto que, até hoje, a Neurologia é considerada uma das especialidades médicas de maior complexidade e mais desafiadoras. Se você, futuro médico, tem interesse pela área e acha que a Neurologia pode ser o caminho que gostaria de seguir em sua carreira, fique por aqui! Nós iremos contar tudo que você precisa saber sobre a Residência Médica, rotina, desafios e o mercado de trabalho dessa especialidade. Vamos lá?

Neurologia como especialidade médica

O neurologista é o especialista que se dedica ao tratamento de crianças, adultos e idosos, com foco em doenças que atingem o sistema nervoso central e periférico. Aqui, é importante ressaltar que, muito além do encéfalo, tronco encefálico, medula espinal e nervos, esse profissional também realiza o diagnóstico e tratamento de distúrbios envolvendo os revestimentos do sistema nervoso e todos os seus tecidos efetores, como, por exemplo, vasos sanguíneos, glândulas e músculos. Alguns exemplos de doenças neurológicas são: Dentre tantos outros. A cefaleia é uma queixa bastante comum no cotidiano médico, mas, você sabe quais são as causas e os sinais de alarme relacionados a ela? Acesse agora gratuitamente o mapa mental e entenda melhor esse assunto: Clique aqui para acessar o material!

Leia também  Beta hcg positivo pode não ser gravidez

Características de um bom neurologista

Um bom neurologista deve ter pleno conhecimento sobre anatomia e neuroanatomia, fisiologia, clínica médica e farmacologia. Além, claro, de estar sempre atualizado frente aos avanços científicos e tecnológicos na área. Também é importante que seja um profissional paciente, atento aos detalhes, empático e que saiba realizar um bom trabalho em equipe. Afinal, é comum que atue com equipes multidisciplinares de forma a complementar o tratamento do paciente (destaca-se a relação próxima com psiquiatras e neurocirurgiões, mas também com cardiologistas, clínicos, geriatras, reumatologistas, oftalmologistas e otorrinolaringologistas).

Estatísticas sobre a Neurologia no Brasil

Segundo dados da Demografia Médica no Brasil, de 2020, a Neurologia concentra 1,3% do total de títulos de especialidades médicas, ficando entre as 20 áreas com o maior número de profissionais. Atualmente, existem cerca de 5.779 títulos em Neurologia no país. São cerca de 2,75 neurologistas para cada 100 mil habitantes, sendo que a média de distribuição de idade desses profissionais é de 47,3 anos e a maior parte concentra-se na região Sudeste do Brasil.

Região Número de Neurologistas
Norte 500
Nordeste 1500
Sul 1000
Sudeste 3000
Centro-Oeste 779

Em relação à distribuição por sexo, 58,1% dos profissionais são homens e 41,9% são mulheres. O que representa uma razão masculino/feminino de 1,39.

Residência Médica em Neurologia

A Residência Médica (RM) em Neurologia é de acesso direto, ou seja, o médico recém-formado pode entrar no programa logo após concluir a graduação, sem ter cursado outra especialidade como pré-requisito. O tempo total do programa é de 3 anos e, em alguns casos, há a possibilidade de complementar com 1 ano adicional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *